Blog

blog

Merenda escolar: 5 dicas para torná-la mais saudável

Segundo a projeção feita pelo Ministério da Saúde para 2022, quase metade das crianças brasileiras serão obesas. Uma alimentação incorreta, rica em calorias, gorduras e açúcares é a principal causa desse problema. Por isso, mudar a merenda escolar é o primeiro passo para garantir a saúde dos pequenos.

Dessa forma, é importante saber combinar alimentos e evitar os ultraprocessados — aqueles que passaram por diversas técnicas e processamentos, contendo alta quantidade de sal, gorduras, açúcares, realçadores de sabor e outras químicas. Mesmo sendo práticos e saborosos, essas opções não são saudáveis e podem causar problemas de saúde.

Pensando nisso, preparamos este artigo para você preparar uma merenda escolar gostosa e saudável. Confira!

1. Invista no açúcar das frutas

O açúcar refinado presente nos alimentos industrializados ou que usamos em casa está relacionado não apenas com a obesidade das crianças, mas também com problemas de saúde bucal. Isso acontece porque essas substâncias podem causar cárie e prejudicar os dentes dos mais novos.

Optar por frutas em vez de doces, por sua vez, é uma escolha natural para adoçar o lanche das crianças. Uma boa opção é dar preferência para as frutas da estação, pois elas têm menos agrotóxicos e são mais baratas.

2. Use sucos naturais

Os sucos industrializados são fabricados com grande quantidade de açúcar, para realçar o sabor e deixá-los mais atrativos. Além disso, são ricos em aromatizantes, conservantes e corantes que, quando consumidos em excesso, podem fazer mal à saúde.

Por isso, sempre opte por fazer sucos naturais e conserve-os em garrafinhas térmicas. Para não precisar adoçá-los, escolha frutas maduras e mais doces.

3. Prefira cereais integrais

Os cereais são opções gostosas e nutritivas. Eles apresentam um elevado teor de fibras, promovendo a saciedade e contribuindo para o bom funcionamento do intestino e para o controle da glicemia. Além disso, são alimentos ricos em proteínas, carboidratos, vitaminas, minerais antioxidantes e gorduras boas, como os ômegas 3 e 6.

Uma boa forma de consumir os cereais é fazendo a sua própria granola em casa. Para isso, use aveia, oleaginosas (como nozes, castanhas ou amêndoas), frutas secas e sementes. Se quiser adoçar, prefira usar açúcar mascavo ou mel. Coloque a mistura em potinhos e envie na lancheira junto com algum iogurte natural.

4. Monte opções variadas

Para que a lancheira fique ainda mais saudável e para que a criança não enjoe dos lanches, prefira montar opções variadas. Para isso, monte pequenas porções com as opções a seguir:

  • 1 porção de carboidrato, como pão integral;
  • 1 porção de fruta ou vegetal, como cenouras, tomate-cereja, banana ou maçã;
  • 1 porção de lácteo, como queijo branco ou iogurte natural;
  • 1 bebida, que pode ser água.

5. Peça ajuda para a criança

A melhor forma de ensinar os pequenos a comerem alimentos saudáveis é mostrando para eles como a alimentação pode ser divertida e saborosa. Para isso, deixe que eles experimentem os alimentos e digam as combinações que mais gostam. Também é possível pedir para a criança ajudar a preparar os alimentos mais simples — como a granola que ensinamos anteriormente.

Uma merenda escolar saudável é um investimento a longo prazo para a saúde das crianças. Todo esse cuidado é importante para prevenir muitas doenças e problemas no futuro. Por isso, sempre que possível, reserve um tempo para preparar os lanches dos pequenos!

Gostou do nosso post? Então não deixe de complementar a leitura e confira 5 opções práticas e rápidaspara consumir no café da manhã!

09/

10